quarta-feira, 27 de abril de 2011

4º Encontro Brasileiro de Legisladores e Governantes pela Vida



Hoje, dia 27/04/2011, a Deputada Antonia Lúcia participou do 4º Encontro Brasileiro de Legisladores e Governantes pela Vida. O evento contou com a presença de Governadores, Deputados Federais, Senadores, Deputados Estaduais, Prefeitos, Vereadores, e representantes da sociedade civil, que estão convictos de que a Vida Humana começa na concepção.
Com a presença do presidente da Frente Mundial dos Legisladores e Governantes pela Vida, o Deputado Espanhol Angel Pintado houve o RELANÇAMENTO POLÍTICO da Frente Parlamentar em Defesa da Vida - Contra o Aborto, que foi criada em 2005 e que agora recebe a adesão de novos parlamentares do Congresso Nacional.
Dentre os fatos importantes tratados no evento destacamos: programa Rede Cegonha, apresentado pelo Ministro da Saúde Alexandre Padilha e o lançamento do livro ''Os fetos Anencéfalos e a Constituição Federal de 1988'', de autoria da Dra. Patrícia Marques Freitas, e em seguida houveram os debates sobre os desafios para a aprovação do Estatuto do Nascituro no Congresso Nacional.
Alguns assuntos são bastante interessantes:
1. Na concepção, apenas um, dentre milhões de espermatozóides fecunda o óvulo, começando a vida humana.
2. Na Terceira semana já estão formados braços e pernas, olhos, cordão espinhal, sistema nervoso, pulmões, estômago e intestinos.
3. O coraçãozinho do bebê começa a bater com aproximadamente 20 dias.
4. Na décima segunda semana todos os sistemas do corpo estão funcionando, o bebê já respira, engole, digere e urina.
5. É importante lembrar que o bebê sente dor.
6. Existem atualmente quatro formas de aborto:
· Aborto por sucção: onde o bebê é triturado e aspirado para fora do útero de sua mãe.
· Aborto por curetagem: o bebê é cortado aos pedaços e arrancado do útero.
· Aborto por micro-cesariana: É uma cesariana para matar o bebê. Às vezes, ele ainda sai vivo e é assassinado em seguida.
· Aborto Químico: Drogas, pílulas ou injeções matam o bebê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário